SDMA

O SDMA — abreviação para dimetilarginina simétrica — é o aminoácido, arginina, que contém dois grupos de metila (dimetila) em uma orientação simétrica. O SDMA é encontrado no soro sanguíneo, é produzido por todas as células nucleadas em uma taxa constante, com maiores concentrações no cérebro, e é excretado principalmente pelos rins, com algumas evidências de absorção hepática em humanos. Não parece ser reabsorvido em túbulos renais ou influenciado por muitos fatores não renais, além da dieta.
O SDMA é usado como um marcador de lesão renal precoce e tem se mostrado mais sensível do que a creatinina sérica.
Apesar de ser mais oneroso a sua sensibilidade o faz um ótimo exame para o diagnóstico precoce de doença renal crônica ou injúria renal aguda, sendo recomendado utilizá-lo junto a outros exames para a avaliação renal e localização da lesão.